quinta-feira, 10 de março de 2016

Primeira amiga grávida...

e é a loucura, é a loucura. É tão a  loucura que me dá vontade de colocar as mãos na máquina de costura e saírem de lá coisas maravilhosas.

Sempre gostei de bébes, sempre quis ser mãe, ser mãe é sem sombra de dúvidas o meu maior sonho, bem maior que ir à muralha da China e conhecer a Ásia.
Vai daí que quando soube que uma das minha amigas desde sempre, a mais antiga penso eu, ia ser mãe fiquei bastante feliz por ela. Talvez por o meu relógio biológico já ter chamado por mim, talvez por querer ter três filhos pelo menos e não me importava nadinha de já ter tido um, talvez por também eu ansiar por viver uma gravidez, fiquei feliz como se fosse eu.

Como sou dada aos trabalhos manuais, às costuras, aos tricots e aos bordados achei por bem oferecer umas prendinhas à minha "sobrinha" feitas por mim.
Já vos falei da mania que tenho em oferecer presentes feitos por mim? Não? Pois muito bem, sempre que posso gosto de oferecer coisas feitas por mim. São feitas com amor e carinho e tornam-se especiais.




3 comentários: