sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Bora lá relativizar..

Uma pessoa pega no carro, feliz e contente e de repente luz da reserva da gasolina a piscar. Tudo seria normal não tivesse eu um carro a gás e não enchido o depósito/botija na terça. Olho para o aparelho do gás e a luz da gasolina não se apaga, tento mudar para gás e nada. Disse uns quantos caralhetes, não disse mais porque levava  a minha avó ao lado e respeitinho é muito bonito. Toca a ligar para o pai, isto de ser mulher e ter carro tem muito que se diga, mas este não nos pode valer muito.
Como ando numa fase de relativizar, fui almoçar e de tarde resolvi o assunto, sem pensar muito naquilo.
Lá fui eu até uma oficina, rodeada de homens, homens de mãos negras cheias de óleo, ligam um cabo ao carro outro a  um PC, dez minutos e problema resolvido.
Como neste mundo ainda há pessoas boas, vim embora e o senhor nem dinheiro me levou, como também sou boazinha (tem dias), lá deixei uma nota ao senhor como forma de pagar o tempo que perdeu.

Relativizar é a palavra deste mês e certamente a palavra do ano.

Um comentário: